BAD BOYS 3 | Confira nossa análise do filme - Callango Nerd

Mobile Menu

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

logoblog

BAD BOYS 3 | Confira nossa análise do filme

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Geralmente fico com um pé atrás quando a sequência surge anos depois do filme anterior, onde os diretores não conseguem remeter a mesma atmosfera e tão pouco os atores. Felizmente isso não é o que acontece em Bad Boys Para Sempre, mesmo sem o comando de Michael Bay, apesar de ele aparecer no filme em uma participação no melhor estilo Stan Lee.

A pergunta que mais ouvi após assistir, foi se ele era melhor que o anterior. Bem, apesar de conseguir trazer toda a atmosfera dos filmes anteriores, além do elenco (um dos maiores acertos), esse novo filme tem uma pegada mais pessoal. Enquanto nos outros a trama tinha uma visão panorâmica, focando muitas vezes nos acontecimentos, na ação colocando a dupla protagonista no meio a toda uma situação, aqui vemos uma câmera mais próxima focando mais nos personagens.

Enquanto Marcus Burnett (Martin Lawrence) pensa em finalmente se aposentar, aproveitar sua família e o neto recém-nascido, Mike Lowery (Will Smith) parece viver ainda no passado, não se convencendo de que ele está ficando velho. Esses momentos de diálogo entre eles são sempre engraçados, pois Marcus é bem escancarado em suas opiniões, enquanto Mike procura ainda viver como um garotão.

O lema "Vivemos Juntos, Morremos Juntos. Bad Boys Para Sempre" é completamente incorporado nesse filme. Nele vemos muito mais da amizade entre os dois polícias do que nos filmes anteriores. Os valores são estampados assim como a importância que cada um tem na vida do outro. Tudo isso é levado ao extremo quando o passado de Mike surge na forma de uma tentativa de assassinato, o que o faz buscar vingança a todo custo. É nesse exato ponto que a trama ganha corpo, pois, juntando a negação da velhice de Mike e a vontade de descansar de Marcus, surge o questionamento sobre quando é a hora certa de parar. Mas antes disso eles precisam resolver esse último caso, uma última vez antes de se despedirem.

Bad Boys Para Sempre traz um elenco principal mais enxuto, mas não menos carismático. Poderia comentar sobre cada um aqui, mas gostaria apenas de destacar quem mais me surpreendeu, que foi Vanessa Hudgens. Nunca vi ela em um filme de ação, mas sua performance aqui faz parecer que ela fez isso a vida toda. Versátil e segura, sua personagem uma das melhores adições desse novo filme.

Com menos explosões (sem Michael Bay, claro), a ação não perde o ritmo. Não é nada tão grandioso como o filme anterior, mas é coerente com a proposta. Já no quesito humor, esse é de longe o mais engraçado de todos. Ri que chorei muitas vezes, e até fiquei com a bochecha doendo. Will e Martin funcionam muito bem tela, e só o carisma dos caras já pagam o ingresso.

Se você está na dúvida ou não se o filme é bom, tenha certeza que sim. Apenas o final que ficou um pouquinho apressado, que poderia ter um outro resultado se fosse trabalhado com mais calma, mas fora isso é um filmaço.

  1. trailer

  1. ficha técnica
Título original: Bad Boys For Life
Lançamento: 30 de janeiro de 2020
Duração: 2h 04min
Gênero: Ação, Comédia
Direção: Adil El Arbi, Bilall Fallah
Elenco: Will Smith, Martin Lawrence, Vanessa Hudgens
Nacionalidade Americana
Distribuidor SONY PICTURES
Ano de produção 2019


Cearense com gosto de gás! CEO do Callango Nerd, cinéfilo, crítico, redator, desenhista, designer gráfico, professor de Cearensês e Mestre Jedi na arte de fazer piada ruim.


Nenhum comentário:

Postar um comentário