MILLER´S GIRL | Confira nossa resenha


"A Garota de Miller" (Miller's Girl), dirigido por Jade Halley Bartlett e produzido pela Lionsgate, prometeu desde as primeiras cenas em trailers e spots uma jornada de suspense erótico, mas acaba deixando muito a desejar.

A trama, escrita pela própria Bartlett, acompanha a história de uma aluna e um professor que iniciam um relacionamento complicado após uma tarefa de escrita criativa, onde a aluna tenta seduzir seu professor em meio a joguinhos com sua colega de sala, mas a situação começa a sair do controle.

Apesar do potencial, "A Garota de Miller" não consegue decolar. As performances dos atores, incluindo Martin Freeman como Jonathan Miller e Jenna Ortega como Cairo Sweet, não conseguem resgatar uma história que carece de profundidade. A falta de química entre os protagonistas e a trama confusa contribuem para uma experiência cinematográfica decepcionante.

Além disso, a trilha sonora, que deveria complementar a atmosfera do filme, é outro ponto fraco, deixando muito a desejar e não conseguindo criar o clima necessário para um suspense eficaz.

O filme teve sua estreia mundial no Festival de Cinema de Palm Springs em 11 de janeiro de 2024, seguido por um lançamento nos cinemas em 26 de janeiro de 2024. No entanto, ele recebeu críticas mistas, com uma pontuação de 29% no Rotten Tomatoes e 41 de 100 no Metacritic, indicando uma recepção geralmente desfavorável.

Em resumo, "A Garota de Miller" é uma produção que falha em cumprir suas promessas. Com uma história fraca, performances medianas e uma trilha sonora decepcionante, o filme acaba se perdendo em sua própria ambição, deixando o público com uma sensação de insatisfação. Se você procura aquele filme com uma tensão sexual para assistir a dois, procure outro. Este aqui não é capaz de deixar esse clima no ar.

Você assistiu, o que achou?




0 Comentários