Responsive Ad Slot



ÚLTIMAS NOTICIAS

NEWS

Jumanji - A Próxima Fase, será que vale à pena entrar nesse jogo?

sábado, 11 de janeiro de 2020

/ por Teacher James Drury

Está chegando às telonas Jumanji - A Próxima Fase, escrito e dirigido por Jake Kasdan que também dirigiu Jumanji – Bem Vindo à Selva. Nessa nova fase, meio que imita a primeira onde quatro jovens jogadores são enviados para um videogame, onde eles enfrentaram uma série de desafios para ganhar uma passagem segura para casa, blá blá blá. Só que agora há mais dois jogadores na parada e o resultado foi uma brincadeira agradável para os cinéfilos que adoram comédia com uma pitada de aventura, ou vice-versa.

Sentindo que algo está faltando em sua vida (neura), Spencer (Alex Wolff) faz a besteira de consertar o jogo e voltar a Jumanji com a ideia de reviver o saradão Bravestone (Dwayne Johnson). Quando seus amigos Bethany (Madison Iseman), Fridge (Ser'Darius Blain) e Martha (Morgan Turner) descobrem que o console do jogo foi reconstruído, eles vão atrás dele mesmo com Friedge taxando todo mundo de maluco por quererem voltar lá, e ele tem toda razão. Então iniciam outra nova aventura em Jumanji, mas desta vez sem querer levam com eles uma ajuda adicional: Eddie (Danny Devito) e Milo (Danny Glover).

Dwayne Johnson, Karen Gillan, Kevin Hart, Jake Black e Nick Jonas retornam para reprisar seus papéis como avatares do jogo, com um novo elemento a adição de Awkwafina (Nora Lum) como uma avatar chamada Ming Fleetfoot (ficava esquisito chama-la de Ming Pés Ligeiros), uma ladra com seu próprio conjunto de habilidades e Rory McCann como o novo vilão do filme, Jurgen o Brutal. O nome dele parece dizer tudo.

Uma novidade é que Kasdan introduziu esse elemento de troca de corpos, que permitiu ao elenco interpretar uma série de personalidades e adicionar mais diversão e humor ao filme.

Martha e Friedge expressam criativamente suas angústias e frustrações com a falta de controle da situação. Depois de trocar de papéis, eles fazem uma troca convincente que fará o espectador acreditar que são esses personagens específicos, e é interessante como o espectador percebe quem são devido a suas interpretações.

Johnson e Hart, mais uma vez esbanjam na comédia enquanto jogam, mas desta vez interpretando os personagens de Eddie e Milo, inicialmente interpretados por Devito e Glover. Johnson, agora com sua atitude teimosa do velho decrépito e Hart com sua incapacidade de "chegar logo ao ponto" ao falar, incorporam os personagens com carisma e charme, não importa o quão estranho seja vê-los interpretando papéis totalmente diferentes do Jumanji anterior. Johnson parecia estar se divertindo muito com sua saída de sua personalidade otimista típica e esse novo visual não decepcionou. Hart, em particular, desempenhou seu papel perfeitamente. Ele definiu a impressão de um velho de mente positiva, pronto para uma aventura. Ele poderia ter falado o filme inteiro sem ficar obsoleto.

Ming Fleetfoot, interpretada por Awkwafina (Nora Lum), apesar de não ter um papel tão grande, foi uma surpresa e sua personagem se destacou na franquia. Sua personalidade se encaixa bem no tom deste filme e se molda efetivamente aos personagens que seu avatar deve ser. Ela rapidamente se estabelece como uma concorrente de comédia com seus colegas veteranos do elenco.

Todo o elenco tinha uma química maravilhosa entre si. As interações engraçadas dos personagens e as brincadeiras continuam desde o último filme, mas desta vez o elenco pega a dinâmica que todos nós gostamos e muda para uma nova abordagem.

Algumas características pessoais foram modificados e introduzidos para os avatares, acrescentando pontos de comédia e trama necessários para os personagens. Essas características já existiam antes, mas agora foram adicionados pontos fracos e fortes para afastar esses personagens. Alguns personagens tiveram muitas fraquezas, como as condições climáticas, e foram interpretados como completamente inúteis por valor cômico, enquanto outros tiveram uma fraqueza específica adicional que levou a trama adiante ou uma preocupação criativa pelo bem-estar do personagem. Foi uma boa adição para fornecer aos personagens novos obstáculos e desafios a serem superados.

Embora Jumanji  2 tenha contribuído com muitos elementos novos para mantê-lo novo, eu achei que ele teve alguns problemas. A trama era simples e infelizmente sem brilho e parecia secundária à interação dos personagens. O principal vilão, especificamente, tem um papel muito menor e realmente não tem motivos para fazer o que faz, a não ser de ser só o vilão mesmo. E quando um ator como Rory McCann de Furia de Titãs e Game of Thrones é escalado, ele deve ser usado para essas habilidades. Sabemos que ele pode interpretar o guerreiro bruto, mas ele também poderia agir e dar mais emoção a esse personagem, o que nunca foi realmente uma opção para o filme.

Obviamente, este filme tem uma mensagem importante para o público, como a maioria dos filmes modernos. A mensagem, embora não seja necessariamente única, se consolida como importante para os jovens que crescem e aprendem quem são no mundo. É sincero e funciona bem para amarrar o filme. Promove trabalho em equipe, comunicação, coragem, empatia, generosidade. Os personagens precisam dos pontos fortes um do outro para concluir as missões em cada nível cada vez mais difícil e terminar o jogo perigoso. O trabalho em equipe exige confiança, honestidade. Outras mensagens incluem a ideia de que as pessoas precisam de amigos incondicionais (a "equipe" deles) durante toda a vida e que, quando você se sente inseguro e solitário, é quando você mais precisa procurar os amigos.

Jumanji – A Próxima Fase é uma sequência divertida que adiciona mais risadas, ações e dinâmicas de personagens que se expandem no mundo, destacando o potencial criativo que essa franquia tem para crescer. Com certeza o terceiro filme virá e vou soltar uma dica: no final do filme dá a entender que próximo deverá seguir o enredo do primeiro Jumanji de 1995 com Robin Williams. Vejam se conseguem sacar essa dica.


  1. trailer
  1. ficha técnica
Título original: Jumanji : The Next Level
Estreia: 16 de janeiro de 2020
Duração: 2h 04min 
Gênero: Aventura, Comédia
Direção: Jake Kasdan
Elenco: Dwayne Johnson, Jack Black, Kevin Hart
Nacionalidade: EUA
Distribuidor: SONY PICTURES
Ano de produção: 2019


Crítico de cinema e professor de inglês com 23 anos de batalha. Apesar do nome afrescalhado sou 100% macho e nordestino da gema, nascido e criado no Pirambu! Algum problema?


Smiley face

Nenhum comentário

Postar um comentário

Se liga
© all rights reserved
By templateszoo and Callango Nerd