Responsive Ad Slot



ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWS

Exterminador do Futuro: Destino Sombrio, se vai assistir, CUIDA!

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

/ por Callango Nerd

O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio é claramente uma sequência direta de Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final. O enredo é original, mas um pouco decepcionante, com um início repentino daquela cena de Sarah no hospital psiquiátrico. O diretor de Deadpool, Tim Miller, tem uma tremenda habilidade em projetar e disparar perseguições elaboradas e faz um excelente trabalho, elevando a ação a um clímax surpreendente. Destino Sombrio pode não estar à altura da narrativa de seu antecessor, mas é um enorme sucesso de ação. Sarah Connor comanda a tela, mesmo fazendo exatamente a mesma coisa vinte e oito anos depois. Você pode adivinhar facilmente como Arnold Schwarzenegger, o T-800 se encaixa na imagem.

Mais de duas décadas se passaram desde que Sarah Connor impediu o Dia do Julgamento, mudou o futuro e reescreveu o destino da raça humana. Dani Ramos (Natalia Reyes) está vivendo uma vida simples na Cidade do México com seu irmão Diego Ramos (Diego Boneta) e o pai quando um novo exterminador altamente avançado e mortal - um Rev-9 (Gabriel Luna) - viaja de volta no tempo para caçá-la e acreditem, não é um dejavu. A sobrevivência de Dani depende da união de forças com dois guerreiros: Grace (Mackenzie Davis), uma super-soldado aprimorada do futuro pra não chamar também de cyborg, e Sarah Connor (Linda Hamilton), endurecida pela batalha caçando e terminadores (como assim?). Como o Rev-9 destrói cruelmente tudo e todos em seu caminho (como sempre) em busca de Dani, os três são levados a um velho T-800 chamado Carl (Arnold Schwarzenegger) do passado de Sarah que pode ser sua última esperança, fornecendo força extra e risadas baratas sobre ele agora ser designer de interiores.

Como o futuro foi mudado no EF-2, Grace nunca ouviu falar de Skynet ou de John Connor. Sarah Connor frustrou o Dia do Julgamento, mas não mudou o destino da humanidade. Uma nova inteligência artificial nasceu na ausência da Skynet chamada de Legião (Não tinham o nomezinho melhor?). Grace veio equipada para combater o Rev-9 na mão, pense! As mulheres percebem que alguém as uniu para um único propósito, ou seja, Dani deve ser protegida a todo custo, ou a humanidade morre com ela. Todo mundo pensa logo que ela vai embuchar de um novo salvador da pátria.
Os fãs talvez tenham problemas com a forma como John Connor é tratado no filme, ou seja, John quem? Como todo mundo sabe, o personagem central de décadas da tradição estabelecida do Exterminador se torna uma reflexão tardia. Ele é substituído sem cerimônia por Dani, que é o novo salvador ou salvadora da pátria já que a figura da mulher é emponderada nesse novo filme , a versão Power Puffy Girl(Meninas Super Poderosas). Nada contra uma super-soldado feminina ou protagonista principal, mas isso é feito a esmo. Parece que o estúdio tomou uma decisão de marketing politicamente correta para mudar o sexo, raça e etnia do herói. Isso me lembrou também Star Wars: O Despertar da Força. É o mesmo lance de troca de gênero para o personagem principal.

 John Connor se torna um Zé Ninguém em uma franquia que sempre teve como base em sua história. Enquanto o enredo carece de criatividade, a ação com certeza não. O Rev-9 de (Gabriel Luna) é realmente o exterminador perfeito para o século XXI. Ele é feito de metal líquido preto sobre um exoesqueleto de metal. Até me lembrou na hora dos pedaços de óleo cru nas praias do Nordeste. Isso significa que ele pode separar-se em duas partes, e aí também me lembrou o Homem de Ferro quando se une rapidamente à sua armadura; o robô bate enquanto a outra metade escorre para um segundo ataque. Tim Miller faz o Rev-9 atacar na terra, na água e no ar e a batalha aérea acima de uma barragem é espetacular. Exterminador do Futuro: Destino Sombrio martela você com cenas de ação épicas e viciados nisso certamente ficarão mais felizes que pinto no lixo.

Assim sendo, Destino Sombrio supera facilmente o fuleragem Exterminador do Futuro: A Salvação e o mais fuleragem ainda Exterminador do Futuro: Gênesis. Uma nova história começa com uma continuação que com certeza virá. Vamos ver se Dani Ramos pode realmente tomar o lugar de John Connor.

  1. trailer

  1. ficha técnica
Título original Terminator: Dark Fate
Distribuidor Fox Film do Brasil
Data de lançamento 31 de outubro de 2019 (2h 09min)
Direção: Tim Miller
Elenco: Arnold Schwarzenegger, Linda Hamilton, Mackenzie Davis
Gêneros Ação, Ficção científica
Nacionalidade EUA
Ano de produção 2019


Crítico de cinema e professor de inglês com 23 anos de batalha. Apesar do nome afrescalhado sou 100% macho e nordestino da gema, nascido e criado no Pirambu! Algum problema?


Smiley face

Nenhum comentário

Postar um comentário

Se liga
© all rights reserved
By templateszoo and Callango Nerd