NEWS

NEWS

A Forma da Água | Vale ou não a pena assistir? Leia nossa crítica


Obrigada Espaço/Z pela oportunidade de assistir esse filme que está como favorito na premiação do Oscar. Mas vamos a minha impressão sobre a mais nova obra de Guillermo del Toro.
  1. informações
Título original: The Shape of Water
Distribuidor: Fox Film do Brasil
Data de lançamento: 01/02/2018 
Duração: 02:03 horas
Direção: Guillermo del Toro
Elenco: Sally Hawkins, Michael Shannon, Richard Jenkins, Octavia Spencer
Gêneros: Fantasia, Drama, Romance
Nacionalidade: EUA

Guerra Fria, anos 60. A zeladora Elisa (Sally Hawkins) trabalha em um laboratório secreto do governo dos EUA junto com sua amiga Zelda (Octávia Spencer). Leva uma vida simples e feliz, morando ao lado de seu amigo artista Giles (Richard Jenkins). Zelda e Giles são ótimos amigos para Elisa, sempre prontos para ajudá-la, assim como Elisa para eles. Elisa tem uma peculiaridade, ela é muda, então boa parte dos diálogos dos quais ela faz parte são praticamente monólogos de seus amigos. Um dia um novo espécime chega para ser estudado e junto com ele chega um oficial, Richard Strickland (Michael Shannon), responsável pela captura do objeto de estudo. Esse oficial não é nada legal e tem toda a pinta do cara mau que comeu merda, não gostou e desconta em todos que encontra a sua frente.

Elisa se aproxima da criatura ao descobrir como se comunicar com ela e acaba se apaixonando. Mas a vida é uma caixinha de surpresas! Quando Elisa descobre que o Sr. Strickland tem objetivos maléficos para a criatura ela resolve, com ajuda de seus amigo, ajudar este ser que se torna de grande importância para ela.

Um filme lindo, com uma pegada meio Amélie Poulain talvez por causa do silêncio da protagonista. Os personagens são bem caricatos e interessantes. A forma de Elisa tratar o mundo, como se a vida devesse passar pela gente de forma fluida, fácil, como se tudo estivesse bem, simplesmente por estarmos vivos. 

O cenário dos anos 60 como sempre, é uma delícia para os olhos gananciosos por simetria. A cor verde está presente na maior parte do tempo: nas roupas, objetos e até na comida, quase como se tudo estivesse coberto por lodo, lembrando o fundo do mar.

O filme fala muito sobre preconceito, um tema que infelizmente não sai de moda. Preconceito principalmente com o desconhecido. Só porque é diferente.

A trilha é muito boa! Composta por vários sucessos da época, incluindo a nossa representante, apesar de não ter sido brasileira de nascença, Carmen Miranda.

Quanto à dúvida no título da postagem… vale a pena assistir sim. Em resumo é um filme bonito, com boa música e excelente atuação. Foi muito interessante ver a mãe da família que acolhe o Paddington atuar de forma tão diferente. Só me incomodou uma coisa, cadê o Hellboy para ajudar o amigo dele que estava passando por dificuldades?!!!!
  1. trailer

Nenhum comentário

adv/https://www.callangonerd.com/|https://3.bp.blogspot.com/-Z3774El9E50/XAfWQBgBNCI/AAAAAAAAaOw/nfOjDrWYxmwQdePcQkbQILxRAwFahN2JwCLcBGAs/s1600/600x600_FLECHAS_exibicaogif.gif

MAIS VISTOS

randomposts
Tecnologia do Blogger.