-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page

Um dos maiores acontecimentos da DC aconteceu em Crise das Infinitas Terras no Arrowverse, onde o Flash da TV (Grant Gustin) se encontrou com o Flash dos cinemas (Ezra Miller). Apesar de ter sido apenas uma cena, existem pontos importantes no diálogo para o futuro do DCU.

Como percebemos, o personagem de Ezra Miller em nenhum momento utiliza o codinome “Flash” e o motivo para isso surge nesse crossover. Aparentemente o Barry do cinema não havia escolhido ainda um codinome, pois demonstra uma certa surpresa ao ouvir o Barry da TV dizer que ambos são Flashes. Ele ficou naquela: “Flash? É, gostei”.

Muita gente ficou com uma pulga atras da orelha, se essa cena teria ou não alguma influência no cinema, e de acordo com o Comicbok, essa será influenciará diretamente o filme solo do Flash, que estará adaptando a icônica saga "Flashpoint".

De acordo com o Production Weekly, Barry voltará no tempo para impedir o assassinato de sua mãe e acaba criando uma realidade alternativa. Segue abaixo a sinopse:

“O enredo acompanha a viagem no tempo de Barry Allen/Flash para impedir o assassinato de sua mãe. Porém, quando ele retorna ao presente, sua mãe ainda está viva, mas o mundo é um pesadelo. A Liga da Justiça não existe e Barry deve fazer tudo o que puder para consertar as coisas… Ou o mais próximo disso possível”.

Segundo o diretor Andy Muschietti, essa versão será um pouco diferente da apresentada nos quadrinhos, e isso é visto logo na sinopse, já que nos quadrinhos a Liga continua existindo, mesmo que seus componentes apresentem versões diferentes.

Nos quadrinhos, o “Flashpoint” ou “Ponto de Ignição” (versão BR), teve como resultado final após sua conclusão, a criação dos Novos 52, fase em que a DC Comics zerou a continuidade de suas história. Isso no cinema também servirá como uma forma de “softtboot”, já que o DCU continua de pé, com apenas algumas alterações como Esquadrão Suicida e a saída de Ben Affleck como Batman.

The Flash está programado para 2022.


Cearense com gosto de gás! CEO do Callango Nerd, cinéfilo, crítico, redator, desenhista, designer gráfico, professor de Cearensês e Mestre Jedi na arte de fazer piada ruim.


Comente