O FORMIDAVEL | Vale ou não a pena assistir?


Título original:  Le Redoutable
Data de lançamento: 26 de outubro de 2017 (1h 47min)
Direção: Michel Hazanavicius
Elenco: Louis Garrel, Stacy Martin, Bérénice Bejo
Gêneros: Biografia, Comédia
Distribuidor: IMOVISION
Nacionalidade: França

Após terminar seu longo e famoso relacionamento com a sua musa Anna Karina e em meio à fase revolucionária de sua carreira, o célebre diretor e escritor Jean-Luc Godard (Louis Garrel) inicia a produção de seu mais novo filme: A Chinesa, longa que narra a história de um grupo de jovens que tentam incorporar princípios maoístas ao seu cotidiano político. Durante as filmagens, ele conhece Anne Wiazemsky (Stacy Martin) e, logo, os dois se apaixonam.

Toda a atmosfera de um filme dos anos 60 está bem retratada aqui. Os cenários, os figurinos, maquiagem e a forma com que a história é contada traz aquela sensação de estar assistindo um filme antigo. O grande destaque dessa obra é a performance de Louis Garrel como Jean-Luc Godard, e a forma nada romantizada que a narrativa mostra a imagem de um dos maiores cineastas da história. Aqui não tem "churumelas".

As contradições do diretor quanto as suas ideias e seu jeito egocêntrico. Não existe nada que chame mais atenção no filme inteiro do que a forma cômica e por muitas vezes até absurda com que é retratada toda a arrogância e o comportamento infantil e birrento de Godard, principalmente quando não concordam com ele. A cena do táxi, do debate na Itália e da assembleia são ótimos exemplos disso.

As cenas cômicas são excelentes, pendendo as vezes para a galhofa, o que é legal, mas acaba deslizando quando passa a ironizar a si mesmo. Durante todo o filme existem cenas de nudez, que são muito bem feitas e atrativas, mas acabam chegando a momentos em que são mostradas de forma gratuita, até o ponto onde nos perguntamos se havia ou não a necessidade existirem. Nesse momentos acabam culminando em uma cena onde percebemos que tudo foi de propósito e até ironizam isso, algo que talvez possa parecer uma boa sacada para alguns, mas não funcionou comigo.

Stacy Martin que interpreta Anne Wiazemsky, esposa de Godard, diferente de Louis Garrel não chama atenção com sua interpretação e sim pela beleza que me lembrou muito, em alguns momentos, de sua personagem em Ninfomaníaca. Deu quase um déjà vu em suas cenas de nudez na telona do cinema do Dragão do Mar, onde assisti Ninfomaníaca. O filme também apresenta uma fotografia belíssima e uma trilha sonora compatível e bem encaixada.

Respondendo a pergunta título do post, sim, vale a pena. Não é um filme para todos os públicos, mas isso não significa que seja um filme ruim, pelo contrário. Mesmo com alguns vacilos, O Formidável é um inteligente, bem feito e com ótimas atuações desmistificando de forma ousada a imagem de um dos maiores cineastas da história em um importante período da sua carreira.


COMPARTILHE

Postar um comentário

CRÍTICA DE CINEMA

SÉRIES

CURIOSIDADES

ARTISTS ALLEY

Copyright © CALLANGO NERD. Designed by OddThemes