MEU MALVADO FAVORITO 3 | Vale ou não a pena assistir? Leia nossa crítica.


Uma cabine de imprensa muito especial para mim, organizada pelo EspaçoZ, e recheada de criança. Foi a primeira vez que minha filha de cinco anos no cinema. Ver como ela ficou impressionada com a telona e o 3D, tentando pegar os personagens no ar, foi incrível. 

Título original: Despicable Me 3
Data de lançamento 29 de junho de 2017 (1h 30min)
Direção: Pierre Coffin, Kyle Balda
Elenco: Leandro Hassum, Maria Clara Gueiros, Evandro Mesquita mais
Gêneros Animação, Aventura, Comédia
Distribuidor UNIVERSAL PICTURES
Nacionalidade EUA
Ano de produção 2017

SINOPSE: Nos anos 1980, Balthazar Bratt fazia muito sucesso através de sua série de TV, onde interpretava um vilão chamado EvilBratt. Entretanto, o tempo passou, ele cresceu, a voz mudou e a fama se foi. Com a série cancelada, Balthazar tornou-se uma pessoa vingativa que, nas décadas seguintes, planejou seu retorno triunfal como vingança. Gru e Lucy são chamados para enfrentá-lo logo em sua reaparição, mas acabam sendo demitidos por não terem conseguido capturá-lo. Gru então descobre que possui um irmão gêmeo, Dru, e parte com a família para encontrá-lo no país em que vive. 

Meu Malvado Favorito teve seu primeiro filme lançado em 2010, nos apresentando um protagonista vilão, como o título em português sugeria. Gru (voz de Steve Carell/ Leandro Hassum). No filme vemos a transformação de um notório malfeitor egocêntrico em um pai amoroso. Eu como pai de meninas, não tem como não se afeiçoar com o personagem.

Veio então em 2013 a sequência, Meu Malvado Favorito 2. Eu particularmente não gostei muito desse. O contexto familiar e pessoal do Gru é até legal, mas toda o resto da história não é tão interessante assim. Os personagens não são tão cativantes e o antagonista não convence muito.

Quatro anos depois, Gru está de volta. Depois de tantos anos imaginamos um motivo para o retorno de Gru. Pois é, a motivação para um terceiro filme não me convenceu muito, apresentar um irmão gêmeo de Gru, chamado Dru (dublado pelos mesmos Carell/ Hassum). Fica claro que eles estão tentando "esticar a baladeira" até onde dá. Mesmo assim, fiz questão de conferir.

Meu Malvado Favorito 3 não contém a melhor história dos três, esse posto continua com o primeiro filme, mas é simplesmente o mais engraçado e divertido. Até mesmo o antagonista é o melhor. Balthazar Bratt (Trey Parker (South Park)/ Evandro Mesquita) é um ex-astro mirim e estrela de TV dos anos 80, que teve seu programa de TV cancelado ainda naquela época. Com o passar do tempo o ator incorporou de verdade o personagem se tornando um vilão na vida real. Bratt é um personagem muito bom. Ombreiras, brilhos, chicletes e, claro, muito rock/pop da década compõem o universo nostálgico que gira em torno do personagem.

A qualidade do 3D e da animação são incríveis e me surpreenderam bastante. É impressionante com eles capricharam em cada detalhe, tornando esse filme lindo visualmente.

Dru não é um personagem assim tão forte, mas chama atenção o trabalho de dublagem feito por Leandro Hassum. Não sei na versão original com Carrel, mas Hassum se garantiu.

Respondendo a pergunta título do post, vale sim. Ele não acrescenta muita coisas, se tornando em mais um capítulo da vida do Gru. Quanto ao roteiro, o primeiro filme ainda é o melhor, mas se for contar com a diversão, esse ganha de todos. Vá ao cinema e confira, você não irá se arrepender pois diversão e risadas são itens garantidos nesse filme.

Meu Malvado Favorito 3



COMPARTILHE

Um comentário :

  1. Valeu, ja ia ver e me animou mais ainda, belo texto, show mesmo!!!!

    ResponderExcluir

CRÍTICA DE CINEMA

SÉRIES

CURIOSIDADES

ARTISTS ALLEY

Copyright © CALLANGO NERD. Designed by OddThemes