CRÍTICA | O Homem nas Trevas


E aí negada, sabe aquele filme que você vai assistir sem nenhuma expectativa e acaba se surpreendendo? Pois é, esse é O Homem nas Trevas. Sem "leruaite" vamos partir para o que interessa!

Título original: Don't Breathe
Data de lançamento: 8 de setembro de 2016 (1h 28min)
Direção: Fede Alvarez
Elenco: Stephen Lang, Jane Levy, Dylan Minnette mais
Gêneros: Terror, Suspense
Nacionalidade: Eua
Não recomendado para menores de 14 anos
Distribuidor: SONY PICTURES
Ano de produção: 2016

SINOPSE: Três adolescentes sempre escaparam de seus roubos, todos perfeitamente planejados. No entanto, quando realizam seu último crime, assaltando a casa de um senhor cego, o jogo muda. Encarcerados no local, eles precisam lutar por suas vidas contra um psicopata cheio de segredos e terrivelmente habilidoso.

Com o ótimo controle de cenas de tensão do diretor Fede Alvarez (A Morte do Demônio) e a produção de Sam Raimi (Trilogia Homem-Aranha), O Homem nas trevas vem com uma pegada de terror psicológico e claustrofóbico com um alto nível de imersão e totalmente imprevisível.

A história do filme apresenta esses três "abestados" que acham que vão se dar bem roubando a casa de um velho cego e detalhe, ex-combatente do Vietnã creditado apenas como "homem cego", mesmo com sua deficiência o cara é um verdadeiro guerreiro que surge como vítima e acaba se saindo uma terrível ameaça. É uma inversão de posições bem curiosa. Isso obriga naturalmente ao espectador a refletir sobre as atitudes de todos os personagens.

Véi que besteira que eles fizeram, na boa esses cara não assistiram Avatar pois se tivessem assistido não entrariam na casa de Stephen Lang. Se chegassem pra mim dizendo, "ei cara, se liga naquela casa ali com aquele coroa cego e estribado. Bora fazer o limpa?!" E eu visse que se tratava do vilão do Avatar e um possível Cable?" Tu é doido mah, vai te lascar!

A trilha sonora é sombria e muito bem posicionada se encaixando perfeitamente com a incrível fotografia. O elenco é pequeno, mas bastante eficiente e convincente com Jane Levy, Dylan Minnette e Daniel Zovattovivem os três jovens, sem fala no Stephen Lang né, sem palavra para atuação desse cara.

VEREDITO: O Homem nas Trevas é uma prova definitiva assim como Rua Cloverfield 10, de que um bom filme não precisa de um grandioso orçamento e um elenco milionário. Basta uma perfeita combinação entre enredo, roteiro, fotografia, trilha sonora e atore competentes. Com cenas inovadoras e um trabalho competente, sem sombra de dúvidas esse é um dos melhores filmes que eu assisti esse ano!

NOTA: 9/10






COMPARTILHE

Postar um comentário

CRÍTICA DE CINEMA

SÉRIES

CURIOSIDADES

ARTISTS ALLEY

Copyright © CALLANGO NERD. Designed by OddThemes